segunda-feira, 18 de novembro de 2013

Visitante



Todas as madrugadas o mesmo morcego me visita à janela. Ele me olha aos olhos e sente muito medo.




Rogério Saraiva

quarta-feira, 4 de setembro de 2013

A vida é uma poeira nos olhos do Universo
.....
...
.








Rogério Saraiva 
(foto: Rogério Saraiva )

 

quinta-feira, 21 de março de 2013

Marginal

Um cara chegou com um revólver calibre .38 e apontou pra cabeça do playboy.

- Pode levar tudo, toma minha carteira.

- Me passa seu caderno e uma caneta, babaca.


E aí nasceu a poesia marginal.






Rogério Saraiva 
(foto: Rogério Saraiva )

domingo, 17 de março de 2013

.
.
.
.
.

Poesia é a palavra magmática fundida debaixo da superfície dos sonhos que, quando expelida, dá origem a vida.

.
.





Rogério Saraiva 
(foto: Rogério Saraiva ) 

quarta-feira, 6 de março de 2013

No absurdo

As aranhas dormem?
Em que estado kafkaniano 
Eu me encontro nelas?
Paradas, simplesmente paradas
Em meu teto onde os neurônios
São teias desertas sem moscas

As aranhas dormem?
Quando dormem?
O dia ou a noite, tanto faz pra elas
40 mil espécies unidas num...
Gregor Samsa

Se as aranhas dormem,
Se o teto é aconchegante,
Se a noite é a falta de luz,
Quem somos nós diante
O absurdo do mundo?




Rogério Saraiva 

sábado, 5 de janeiro de 2013


Aqueles versos de amor são mais harmoniosos numa lata de lixo
Seu luxo, seu nicho, seu vago instinto, seu vaso pensamento
Jamais encontrará asas na fogueira da liberdade
Ficarás nas sombras do voo que não alçou
O cigarro acende, a brasa brilha entre os dedos convidativos
E a noite é sua fiel e única companheira.





Rogério Saraiva 
(foto: Rogério Saraiva )