domingo, 12 de agosto de 2007


el analfabeto

o erudito perguntou:
-por que escreves?

-escrevo pra
aliviar a dor
de quem não sabe
escrever



Rogério Saraiva

3 comentários:

SAMANTHA ABREU disse...

escrever é nosso ópio, não é?
morfina.
Gelol
Sedalgina....

pra sarar, curar, estancar.

RenatoRJ disse...

Seja claro
Seja breve

O poeta social, poeta do povo fala mais em poucas palavras do que aquele que chupa pra elite.

Anônimo disse...

Diga meu caro. Essa poesia me alembra de um poeta venezuelano ou seria africano? Não me lembro, mas é digna de ti.

Abraços
Lucas!